Grande parte dos problemas que as empresas enfrentam no dia a dia produtivo se relacionam à ausência de controle dos processos de manutenção industrial.

Sabendo que o desempenho dos maquinários têm impacto direto sobre a produtividade do coletivo e os custos finais do produto, a gestão ou gerenciamento de manutenção tem papel decisivo no planejamento de toda a rotina de manutenção.

O gerenciamento de manutenção consiste no processo de supervisionar o funcionamento regular dos recursos técnicos que envolvem a produção. Uma rotina de supervisão e monitoramento evita as paradas na produção por conta de maquinário quebrado e também o desperdício de gastos com manutenção ineficiente.

Já ouviu o ditado de que é “melhor prevenir do que remediar”, certo? A partir do gerenciamento de manutenção, é possível monitorar a estrutura para que todo o sistema funcione bem. Isso envolve acompanhar o funcionamento passo a passo, identificar possíveis falhas com antecedência e gerir a manutenção de forma que não prejudique o sistema como um todo.

Veja 5 dicas para melhorar o gerenciamento de manutenção

Abaixo vamos pontuar algumas dicas que podem ajudar a sua empresa a otimizar o gerenciamento da manutenção, minimizando a ocorrência de problemas que abalem de forma negativa a produção.

Pesquisa e Análise dos Dados

O acompanhamento em tempo real da produção, a partir de análise de dados, métricas e pesquisas, é base fundamental para moldar qualquer estratégia de gestão de manutenção.

Entre os dados a serem medidos, destaque para o tempo médio entre falhas (MTBF), tempo médio de reparo (MTTR), índice de conclusão de serviços dentro do prazo estabelecido e a confiabilidade do serviço efetuado.

A análise desses indicativos contribui para ampliar o panorama sobre o setor produtivo, facilitando o planejamento de paradas para conserto das máquinas.

Planejamento prévio

Definir um cronograma com antecedência é uma das formas de planejar, de forma organizada, as ações voltadas à manutenção do maquinário.

Com mais horizontalidade e transparência, é possível preparar a equipe e a produção para paradas planejadas, minimizando eventuais problemas que tenham impacto negativo sobre os lucros da empresa.

Controle de estoque e de ferramentas de manutenção

Ter um controle de estoque eficaz também é fundamental para corrigir com a maior brevidade possível problemas que ocorram nos equipamentos. Saber quais peças existem, qual a quantidade disponível e onde encontrá-las é essencial – perder tempo procurando peças, que podem nem estar mais à disposição, aumenta custos e reduz produtividade!

Da mesma forma, as ferramentas e os equipamentos de proteção exigem cuidados para saber com quem estão e de que forma estão sendo usadas. Por isso, sugere-se que haja um controle minucioso, com data de retirada e devolução de cada item, acompanhado de termo de responsabilidade para que todos os usuários tenham consciência dos cuidados que envolvem a utilização de cada item.

Tecnologia como aliada

A chamada Indústria 4.0 trouxe a transformação digital à indústria, fazendo uso de tecnologias para criar fábricas inteligente e conectadas que impactem positivamente na produção e oferecendo suporte também para os conceitos de manutenção preventiva na fabricação.

Elas permitem informações integradas e gerenciadas adequadamente, diminuindo a possibilidade de erros – mais comuns quando os controles são feitos manualmente – e proporcionando outros benefícios como otimização do fluxo de informação permitindo maior agilidade, confiabilidade e organização, além de maior produtividade.

Com todos esses avanços em tecnologia você não pode deixar sua empresa sem um controle informatizado dos seus processos.

Um maior nível de compreensão acerca da produção é possibilitado graças à aplicação de Sistemas inteligentes de interpretação e análise que fornecendo um volume de dados grande a ser processado, o que faz com que as empresas, a cada dia, sintam-se mais estimuladas a investir em novas tecnologias que facilitem os processos internos.

Enxergar a tecnologia como investimento é essencial quando tratamos de melhorar a capacidade produtiva da empresa.

Acompanhamento constante

Engana-se quem pensa que a manutenção acaba com a finalização do serviço: o monitoramento de todo o funcionamento do sistema deve ser constante.

Esse acompanhamento permitirá avaliar se a operação das máquinas está sendo feita de modo adequado; se há necessidade de maior capacitação para os operadores; a satisfação dos colaboradores com os serviços de manutenção efetuados.

O monitoramento permite, ainda, verificar se há muito retrabalho de manutenção – o que pode indicar deficiência na qualidade dos serviços prestados. Em outras palavras, os cuidados com a manutenção de equipamentos é constante!

Já está provado que uma boa gestão de manutenção só acumula benefícios, tais como uma maior eficiência produtiva, redução dos custos, mais segurança nos processos e planejamento prévio das ações. Mas para que tudo transcorra normalmente, é de suma importância contar com profissionais qualificados – como MMtec, que oferece soluções tecnológicas voltadas ao melhoramento dos processos dentro das empresas.

Fique por dentro de todas as novidades do setor de manutenção de máquinas acessando o nosso blog.

APROVEITE E BAIXE O NOSSO E-BOOK GRATUITO!!

Pin It on Pinterest

Open

Solicite um Orçamento