Você sabe o que é manutenção? Mais especificamente, você sabe o que é manutenção preditiva e como ela pode ser aplicada em motoredutores?

Entenderemos neste artigo quais são as definições e características da manutenção preditiva e ao fim desta leitura tenho certeza que você estará pronto a aplicá-la com perfeição em seus motoredutores e máquinas industriais.

Animados? Vamos lá!

O que é manutenção preditiva?

A manutenção preditiva é o monitoramento de equipamentos e máquinas em uma operação. Ou seja, este tipo de manutenção previne que os equipamentos apresentem falhas e desgastes operacionais. Além disso, é possível atuar em possíveis problemas de forma rápida e eficiente.

Assim, com a aplicação desta manutenção em uma operação industrial, é possível evitar que falhas potenciais se tornem falhas funcionais e comprometa o desempenho da sua operação. Portanto, ela, juntamente com a manutenção preventiva, são recomendadas em todo tipo de indústria.

Todo este processo é feito a partir de:

  • Análise de vibrações;
  • Análise estrutural de peças;
  • Termografia;
  • Medição de Espessuras;
  • Monitoramento contínuo.

Portanto, é altamente recomendável que a manutenção preditiva faça parte da cultura e dos hábitos de uma indústria, pois ela é formada por processos estruturados que são aplicados periodicamente em redutores, motoredutores e outros equipamentos.

Qual a diferença entre manutenção preditiva e preventiva?

Enquanto a manutenção preventiva é aplicada a partir de um planejamento prévio, a preditiva utiliza informações coletadas e entendidas da preventiva e a analisa com o propósito de extrair o melhor dos equipamentos.

Portanto, as duas possuem um único objetivo: evitar que falhas ocorram.

Porém, caso você queira atingir resultados melhores em sua operação, recomendamos que utilize estes dois tipos de manutenção e não apenas uma.

Manutenção preditiva aplicada em motoredutores

Motoredutores são formados por motores elétricos e engrenagens de redução, onde ambos funcionam de forma integrada e possuem o objetivo de fazer uma adequação da velocidade para uma rotação necessária de um acionador.

Geralmente os motoredutores são compostos por diversos componentes, como:

Não sabe o que é um motoredutor? Não se preocupe! Aprenda tudo à respeito deste equipamento neste artigo: “Motoredutor: O que é? Por que devo utilizá-lo em minha indústria? Entenda ainda hoje!

Agora que entendemos o que é um motoredutor, podemos perceber o quão importante é fazer o monitoramento periódico deles em uma operação.

A manutenção preditiva é isso: é buscar a prevenção deste equipamento, a partir de manutenções e análises periódicas das peças e componentes que o constituem, evitando que possíveis falhas potenciais e funcionais ocorram.

Assim ela é feita a partir das seguintes ações:

  • Análise do nível de lubrificação das máquinas;
  • Inspeção contínua e monitorada dos equipamentos;
  • Levantamento dos dados históricos do motoredutor, como: histórico de falhas;
  • Dentre outras ações.

A partir disso, é possível evitar improdutividade operacional, falhas, atraso na entrega de produtos, etc.

Viu como a manutenção preditiva se aplicada de forma eficiente em seus motoredutores, redutores ou motores pode proporcionar diversos benefícios para a sua operação?

Espero que tenha gostado do artigo e até a próxima!

Post desenvolvido pela Acoplast Brasil, empresa que está há mais de 20 anos no mercado e é referência em acoplamentos, motoredutores, redutores, freios contra recuos e anéis de contração para o segmento industrial.

Open

Solicite um Orçamento