Matéria da revista digital Painel, edição de setembro de 2018, revela que a crise econômica vivida em nosso país não mudou a rotina de manutenção nas empresas.  A publicação teve como base pesquisa da Associação Brasileira de Manutenção e Gestão de Ativos (Abraman) – dados de 2017 – e entrevista com especialistas do setor, entre eles o engenheiro Luciano Marques, gerente comercial da MMTec Inspeções Industriais.

Para o engenheiro da MMTec, empresas que medem rigorosamente seus gastos não diminuem o investimento nesse campo porque sabem que a manutenção preditiva é, na verdade, um investimento por evitar paradas longas e mesmo quebra dos equipamentos – o que pode resultar em grandes prejuízos financeiros, e até de imagem, para as empresas.

Também ressalta que somente um bom planejamento de manutenção assegura longevidade e bom desempenho dos maquinários, garantindo índices ideais de qualidade e produtividade.

Claro que os resultados positivos nos cuidados com as máquinas estão diretamente ligados à capacitação dos profissionais e, nesse sentido, a pesquisa da Abraman revela um aumento na qualificação dos que atuam nessa área. Em 2017,  25% possuem nível superior, contra 6,76% no ano de 2013, o que representa um aumento significativo.

Tipos de Manutenção

Luciano Marques também esclareceu o valor que envolve cada tipo de manutenção, como pode ser observado a seguir.

  • Corretiva, efetuada quando a máquina quebra, é de altíssimo custo por afetar o conjunto da máquina.
  • Preventiva, programada para realização periódica, possui um investimento intermediário porque deixa a máquina indisponível pelo período necessário para substituição de peças que não podem mais ser usadas.
  • Preditiva, baseada em variadas análises estruturais dos equipamentos (entre elas, a ODS – Operating Deflection Shape), é a de menor investimento e maiores resultados porque identifica falhas antes de ocorrerem, facilitando compra de peças e diminuindo o tempo de parada.

A revista digital Painel , com essa publicação, trouxe informações importantes para quem precisa garantir os cuidados de maquinários. Se você ainda não leu a matéria na íntegra, deixamos aqui o convite para a leitura (o texto sobre manutenção de máquinas encontra-se nas páginas 12 a 15).

Como anda a Manutenção Preditiva em sua empresa?

Fica claro que o setor de manutenção se transformou ao longo do tempo e que cuidar dos equipamentos aumenta o tempo de vida útil, evita paradas não programadas e garante a produtividade tão desejada por toda empresa.

Mas, para isso, é  necessário contar com pessoal qualificado e experiente nos cuidados com os equipamentos. Somente esses profissionais podem verificar eficazmente a situação de cada máquina e oferecer subsídios para uma gestão que leve aos melhores resultados possíveis.

Ainda que a organização possua uma equipe interna para esse tipo de trabalho, ouvir especialistas é sempre muito importante. Seja terceirizando totalmente o trabalho ou atuando em conjunto, um time experiente proporcionará as melhores opções no campo da manutenção.

Quer saber como anda a manutenção em sua empresa? Acesse nosso Simulador para efetuar um diagnóstico de manutenção preditiva. Gratuito, ele proporcionará uma ideia inicial de como está a situação em sua empresa.

Observação: as imagens que ilustram este artigo são da Revista Digital Painel, edição de setembro/2018.

Pin It on Pinterest