A manutenção é uma parte essencial de manter o desempenho do equipamento de forma eficaz e pelo maior tempo possível.

Ela está inevitavelmente associada ao tempo de inatividade e aos custos da empresa, por isso às vezes é adiada na esperança de maximizar a produção e o lucro.

Contudo, esse adiamento pode ser prejudicial a longo prazo — por isso é importante distinguir entre manutenção preditiva e corretiva.

Acompanhe conosco e veja qual a diferença entre manutenção preditiva e corretiva e saiba como montar um programa de manutenção mais eficaz!

A diferença entre manutenção preditiva e corretiva

A manutenção preditiva, também chamada de manutenção baseada em condições, é uma estratégia proativa em que a manutenção e inspeções de ativos (ou seja, instalações e equipamentos) são realizadas de acordo com os resultados de testes não destrutivos realizados nos equipamentos.

Esses testes indicam quando uma falha está para ocorrer, permitindo à empresa repará-la antes que cause a perda de qualidade na produção ou mesmo a parada total da máquina.

Por outro lado, a manutenção corretiva, também conhecida como manutenção reativa, é uma estratégia de reação, ou seja, os reparos são realizados no momento em que o equipamento apresenta falha.

Apesar de ter benefícios em alguns momentos, essa é uma abordagem muito mais custosa para uma organização devido a paradas não planejadas da produção, maquinário danificado e horas extras. Idealmente, esse método só deve ser executado em peças de baixo custo e fáceis de substituir.

Construindo uma estratégia com o equilíbrio certo

Embora várias organizações percebam os benefícios de adotar uma abordagem de manutenção planejada, ainda há um grande número que depende muito de uma estratégia reativa.

Em última análise, uma estratégia baseada apenas na manutenção corretiva resulta em planejamento insatisfatório, falta de insights sobre o desempenho dos ativos e um programa geral de manutenção ineficiente.

A obtenção do equilíbrio certo entre a manutenção preditiva e a corretiva maximiza a confiabilidade e o desempenho, minimizando o custo de propriedade.

Embora seja dependente da indústria específica e do modelo de negócios individual, geralmente, a combinação ideal é gira em torno de 25% de manutenção corretiva a 75% de manutenção preditiva.

As vantagens de um programa de manutenção preditiva

A manutenção preditiva foi projetada para melhorar a vida útil do equipamento e evitar qualquer atividade de manutenção não planejada. Incluídos abaixo estão alguns dos principais benefícios da adoção de um programa que investe mais na prevenção:

  • Estende a vida útil dos ativos diminuindo a necessidade de substituições prematuras de capital;
  • Aumenta a eficiência do equipamento e reduz os custos de energia, mantendo-os funcionando de forma mais eficaz;
  • Reduz o tempo de inatividade da produção como resultado de menos interrupções na máquina;
  • Reduz os custos de horas extras devido ao trabalho em uma base programada em oposição a uma base responsiva para reparar avarias;
  • Melhora o controle do orçamento, pois o fornecimento de peças de reposição e de mão de obra pode ser planejado, sendo realizado com mais antecedência e reduzido em termos econômicos;
  • Diminui o número de reparos em grande escala por meio de manutenção regular e de rotina;
  • Minimiza a interrupção nos cronogramas de produção e na saída, pois o trabalho planejado pode ser programado durante períodos de inatividade e períodos mais lentos;
  • Melhora a conformidade com os requisitos de saúde e segurança;
  • Aumenta os níveis de atendimento ao cliente e satisfação por meio de produção contínua e oportuna;
  • Melhora a análise e o relatório para ajudar a determinar novas estratégias de manutenção.

Como um especialista em manutenção preditiva pode ajudar

Há muitas organizações ainda dependentes de processos altamente ineficientes, baseados em papel ou, na melhor das hipóteses, em planilhas, para obter informações.

Para aqueles em particular que operam em setores intensivos em ativos, é crucial ter um sistema robusto implementado para fornecer o alto nível de funcionalidade necessário para melhorar o desempenho na atividade de manutenção.

Sem uma visão imediata ou precisa do custo de manutenção, gastos com estoque ou disponibilidade de estoque, histórico de desempenho de ativos ou tendências em reparos, é impossível estabelecer processos de manutenção de ativos mais eficientes.

É aqui que um parceiro especializado em manutenção preditiva e corretiva como a MMtec eficiente faz toda a diferença para o melhor desempenho da empresa.

Aproveite e faça o download gratuito do nosso ebook sobre Identificação de Falhas e descubra como identificar potenciais problemas na sua planta industrial!

 

Pin It on Pinterest