Modernizar o gerenciamento das atividades de manutenção vem de encontro à atual exigência do mercado de aumentar a produtividade e reduzir os custos operacionais, trazida com o turbulento cenário econômico que passamos somado à crescente competitividade.

Nesse cenário, muitas indústrias têm enxergado que o caminho para alcançar esses objetivos passa pelo incremento da disponibilidade, da confiabilidade e, principalmente, da mantenabilidade de seus sistemas produtivos.

Mas o que é mantenabilidade e o que ela tem a ver com a manutenção corretiva? Quer saber mais? Continue lendo!

O que significa mantenabilidade

A mantenabilidade não é um conceito novo, tendo sido registrada pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) em 1994 por meio da NBR 5462. Nessa norma, a mantenabilidade é definida como:

“a capacidade de um item ser mantido ou recolocado em condições de executar suas funções requeridas, sob condições de uso especificadas, quando a manutenção é executada sob condições determinadas e mediante procedimentos e meios prescritos.

Em outras palavras, a mantenabilidade representa a rapidez com que procedimentos de reparo são executados para recolocar um ativo em funcionamento após a apresentação de um problema. A manutenção corretiva, portanto, é a ferramenta pela qual a mantenabilidade é conquistada, reduzindo as perdas de produtividade no sistema produtivo.

Como aplicar a mantenabilidade na manutenção corretiva

Mesmo em empresas que investem em procedimentos de manutenção preventiva, a mantenabilidade aliada à gestão de manutenção corretiva é primordial. Para isso, é necessário que a gestão de manutenção atenda alguns requisitos, sendo eles:

Possuir procedimentos documentados

Todos os procedimentos de manutenção das máquinas devem estar registrados formalmente. Eles devem determinar padrões de execução e planos de inspeções de rotina, e devem estar em local conhecido e de fácil acesso por todos.

Criar instruções de trabalho

Parecidas com os procedimentos, as instruções de trabalho são mais específicas e estabelecem um padrão para determinadas atividades que apresentam similaridades na forma como devem ser executadas.

Ter uma equipe capacitada

O gestor de manutenção tem papel fundamental na garantia da capacitação de sua equipe de manutenção corretiva. É ele que garante pessoal qualificado para cada função e determina a realização de treinamentos conforme a necessidade.

Dispor das ferramentas adequadas

uma equipe qualificada não é nada sem as ferramentas adequadas para realizar os trabalhos. Aqui também é importante pensar na disponibilidade de peças de reposição e itens comuns para a manutenção;

Garantir a segurança

Esse é um ponto essencial para qualquer atividade de trabalho, incluindo a manutenção corretiva. Deve haver um local adequado para execução das atividades e materiais de segurança, como EPIs e EPCs, devem ser disponibilizados para todos da equipe.

Também, vale lembrar que a manutenção está vinculada a normas de segurança da ABNT, tais como NR-8 ( edificações), a NR-10 (atividades na área elétrica), a NR-12 (segurança em máquinas e equipamentos), a NR-13 (gestão de caldeiras e vasos de pressão) e a NR-35 (trabalhos em altura);

Estabelecer programas de melhorias

Como falamos, mesmo com programas de manutenção preditiva, estamos sujeitos que algumas falhas ocorram, ainda que em menor escala. Nesse caso, a manutenção corretiva deverá ser acionada para garantir a mantenabilidade do equipamento.

Porém, é preciso incentivar a equipe para que desenvolva soluções e melhorias a partir da análise de falhas e erros apresentados pelos equipamentos. Isso ajuda o time a desenvolver o senso crítico e reduz a incidência da manutenção corretiva.

Faça a gestão à vista

A gestão à vista é uma ferramenta que tem o objetivo de comunicar de forma clara a todo o time de colaboradores da manutenção informações importantes sobre a empresa e sobre as atividades do setor.

Ela toma o formato de um quadro localizado em um local visível por todos, com dados ligados ao dia a dia da equipe e indicadores que mostrem o desempenho desta, incentivando a melhoria nos resultados.

Com as atuais características da economia global, surge a necessidade de que indústrias de todos os setores desenvolvem sistemas que apresentem melhor desempenho, com custos mais competitivos.

Para isso, é preciso reduzir a probabilidade de falhas e erros em processos e equipamentos por meio da mantenabilidade e da manutenção corretiva por meio da aplicação dos princípios apresentados acima.

E para assegurar ainda mais a confiabilidade dos seus equipamentos, baixe gratuitamente no e-book sobre Manutenção Preditiva e aprenda também a evitar falhas antes que elas ocorram!

Como escolher o Fornecedor certo para sua Manutencao Preditiva

Como escolher o Fornecedor certo para sua Manutencao Preditiva

Pin It on Pinterest