Toda empresa do setor industrial e produtivo tem na área das máquinas a maior fonte de faturamento. Se a engrenagem não girar, a empresa deixa de ganhar.

Por isso, todo cuidado é pouco na hora de lidar com as manutenções no maquinário. É ideal que o setor da empresa responsável pelo gerenciamento tenha um cronograma pré-estabelecido, bem como uma ordem de prioridade para a manutenção das máquinas.

Tratam-se de normas ou padrões que indicam os critérios a serem adotados para definir qual a sequência de trabalhado, em se tratando de um serviço acumulado em mais de uma máquina. Mas como definir essa prioridade? Quais os critérios que indicam que essa máquina precisa mais de manutenção do que àquela? Siga na leitura e descubra.

Os critérios para definir prioridades na manutenção

O que comanda a ordem dos pedidos de manutenção?

Emergência x Urgência

Os serviços de emergência devem ser executados imediatamente! São elencados no nível que apresenta riscos não só para a produção como para os trabalhadores.

A manutenção é de emergência quando envolve risco de vida humana, risco de danos à pessoa, ao meio ambiente, ao patrimônio da empresa e, também, à perda de produção.

Julgar o reparo ou troca durante um serviço de manutenção industrial depende, sobretudo, da criticidade do equipamento. Lembre-se: um serviço de emergência nunca pode ser rotina. Caso contrário, algo está errado!

Já as situações de urgência podem ser caracterizadas como manutenções corretivas que, se não realizadas da forma certa, podem culminar em um quadro de emergência. É preciso bom senso para avaliar quando agir em um quadro de urgência.

Planejamento é fundamental!

Nada melhor do que investir em um planejamento para definir as prioridades na manutenção. Um planejamento preventivo, aliado a um cronograma pré definido, deve formar as bases para qualquer tarefa de manutenção.

Dessa forma, é possível organizar a mão de obra, planejar paradas com antecedência e agir rapidamente para que a manutenção não comprometa, de fato, o andamento da produção. Com uma manutenção planejada, é possível garantir o escoamento da produção mesmo com as máquinas sob cuidado.

Claro, cada caso é um caso. Por isso, o planejamento de manutenção deve envolver diferentes setores da empresa, desde a parte estratégica até os coordenadores da produção. Com o alinhamento prévio entre todos os participantes, o plano de manutenção pode ser colocado em prática!

Manutenção Preditiva é o melhor plano!

Agir de forma calculada é essencial na hora de fazer um plano de manutenção para corrigir máquinas quebradas. A manutenção preditiva  é uma solução que auxilia na prevenção de eventuais problemas relacionados ao maquinário.

Antes de pensar em corrigir um problema, o ideal é trabalhar para que esse eventual problema nem aconteça. É nisso que consiste, basicamente, a manutenção preditiva. Um conjunto de estratégias que visa estabelecer uma rotina de manutenção e otimização para minimizar qualquer ocorrência.

Dessa forma, é possível manter o maquinário sempre em pleno funcionamento, aumentando também a vida útil dos sistemas e engrenagens. Isso garante um maior controle orçamentário, além de garantir paradas programadas e maior qualidade da produção, uma vez que as máquinas são levadas ao ápice da produtividade.

Faça uma simulação agora mesmo e veja um panorama sobre a condição do maquinário da sua empresa. O checklist de manutenção preditiva da MMTec é gratuito e pode ser feito exclusivamente online. Veja mais aqui.

Contar com apoio especializado é a melhor escolha para buscar bons resultados. Fundada em 2002, a MMTec explora técnicas de análise diversas para criar projetos e soluções industriais voltadas à manutenção preditiva e corretiva nas empresas.

Ficou interessado? Fale com nossos especialistas e escolha por um acompanhamento constante do seu setor de produção industrial.

Pin It on Pinterest

Open

Solicite um Orçamento